segunda-feira, 10 de março de 2008

Uma viagem


Por vezes sabe bem, caminhar sozinho, desaparecer, viajar para longe de tudo, não quero com isto menosprezar as pessoas que me querem bem e que têm um sentimento reciproco da minha parte. Mas por vezes nós precisamos da solidão uma questão de acentar ideias ou repensar a nossa vida, sei lá cá para mim isto são mesmo desculpas para conseguirmos a solidão necessária para a nossa sanidade mental.

Muita gente acha isto de errado, acha incrível como é possível percorrer um caminho sozinho durante algum tempo, mas sinceramente é assim que me sinto, bem, a fazer o meu caminho, sei que vira uma altura em que me fartarei, e que até me possa arrepender de atitudes que tenha neste período, mas não me sentiria tão bem se eu não fizer este percurso sozinho.

Enfim e só mais dois parágrafos de alguma insanidade que eu possuo, talvez um dia esta maluquice que eu tenho desde que nasci passe :P

11 comentários:

Frankie disse...

Quabndo puderes vai ao blog da tua mana mais linda e fofa: EU lol

Tem lá prendinha para ti ;)

Night Angel disse...

Admirei-me ao ler este post. Mas concordo contigo a 99%. lol fica bem

andorinha disse...

Eu espero que essa maluquice não passe nunca.
És um "maluquinho" muito fixe:)

Beijinhos.

Ricky Malfoy disse...

Frankie: Ora ja te agradeci no post e como provavelmente toda a gente ja leu o que la escrevi não me vou repetir.

night angel: admirado?? porque?

andorinha: se assim o dizes voutentar que não passe

Fenrisar disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Nanashi disse...

Olha um cogumelo (eu)!

Vim finalmente aqui, pois é que eu sou a preguiça em pessoa...

Falando do post:

1º ponto: Por mais certinhas que as pessoas pareçam, acho que todos têm um valentes pancas. Todos nós somos um pouco loucos á sua própria maneira. Talvez seja isso mesmo que dê graça aos seres humanos.

2º ponto : toda gente necessita de tempo para si mesmo. Toda gente tem que "falar" consigo mesmo, para ter consciencia se fez isto ou aquilo bem ou mal. E também temos que ter o tempo para arranjarmos soluções para as "pedras" que nos aparecem no caminho.

3º ponto: se uma pessoa for demasiado "certinha" acaba por se tornar chata, por isso acho que deves conservar essa tua maluquice, como se de ouro se trata-se.

^*^Dark Kisses^*^

Raquel disse...

Gostei das ideias patentes no teu texto, simplesmente penso que podias ser mais assertivo.

O que acontece muitas vezes é que tu tens uma boa ideia, passa-la para o papel, e depois desfazes-te em desculpas como se quisesses negar ou colocar em dúvida aquilo que acabaste de dizer.

Não tens nada que te desculpar, porque apesar de concordar com o que escreveste, também sei que é um assunto discutível e subjectivo pelo que não faz muito sentido que alguma das partes "tenha razão."

Beijo e continua a escrever!

BloodyGirl (Alexandra) disse...

Tu? Algum dia deixares de ser maluquinho? xD Acho que não! xD E ainda bem! Gosto d atua maneira de ser... =)
Bem quanto ao post,concordo com o vizinho de cima... São os teus pensamentos,não tens que pedir desculpa. Que eu saiba ainda vivemos em democracia.E depois aquilo pelo que passas é super normal... Todos passam por uma fase de solidão em que se sentem melhor. Bem, acho melhor ir andando que o João já me está a querer matar. =S

Ricky Malfoy disse...

Txii tts comentarios.

PAra começar, a minha ideia não era um pedido de desculpa mas sim um frisar da minha maluquice, porque acho que nao feria ninguém com o meu textos.

Nanashi: Muito obrigado pelo teu comentário podes ter demorado mas dado o teu comentário poderia esperar anos que valeria a pena esperar obrigado ;) também vou passar pelo teu..;)

Raquel:Acho que já respondi a parte do teu comentário, agora so me falta agradecer o teu comentário e o apoio que me tens dado que acho ser representado por esse comentário.

Alexandra: claro ja ca faltava a o comentário da pessoa que me acha a pessoa mais maluca do mundo lol, Não te preocupes a malukeira não passa :P

Kazilar disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Jeust disse...

E agora eu... lol

olha outro cogumelo... mas este pink... :p

Sabes, eu concordo com quase tudo o que foi dito.

Mas não peço para deixares de te desculpares...

Até porque o fazes por uma boa razão...

Não tanto pelo medo da incompreensão, mas mais pelo facto de ponderares outros caminhos e considerares a sua validade. :)

E sabes... ás vezes também me apetecia fugir...

Às vezes o mundo parece que nos enterra sobre o seu peso e nós que nos amanhemos com ele.

Sabe tão bem, deixar tudo para trás durante um tempinho e depois voltar e encontrar tudo maravilhosamente novo. :)

assim como o teu blog... que grande makeover. :)

Está giraço!

Um grande abraço maluco...